Pau-a-Pique

Pau-a-Pique

Siga a república Pau-a-Pique

Pau-a-Pique

1983

 

A moeda era o cruzeiro, a maior rede de televisão era outra e o Maracanã registrava seu maior público para mais de 155 mil pessoas... 1983 foi o ano que surgiu a minha casa!

 

Hoje a moeda é outra, essa rede de televisão já não existe mais e o estádio já se modificou... O que não mudou é o sentimento de gerações, onde levo somente a certeza dos amigos do peito e nada mais, carregamos um semblante orgulhoso e de muito carinho do lugar onde a felicidade é rotina ao lado de grandes pessoas que fazem essa história!

 

Á República Pau-a-Pique, todo meu respeito e gratidão! Vida longa à PAP!

CPI (Matheus Calheiros)